Sargos à bóia a pescar com sardinha

Isto de morar longe do mar por vezes coloca entraves a coisas tão básicas como arranjar isco para uma jornada de pesca. Certo é que quando moramos longe da costa se decidirmos à ultima da hora ir fazer uma pescaria muitas vezes temos que nos sujeitar ao que há ou àquilo que se conseguir arranjar (não só isco mas por vezes também material). Para quem tenha uma arca para o efeiro, guardar sardinha e outros iscos é uma mais valia nestas situações o que infelizmente não acontece no meu caso. Isto tudo para dizer que um dia destes e após chegar a casa fui ver o windguru e "dei de caras" com umas condições razoáveis para ir fazer uma maré e decidi arrancar. Tinha apenas algumas gambas e preceves congelados e por isso passei por alguns hipermercados em busca de sardinha para engodo e gamba para iscar. Sardinha só consegui arranjar 2kg fresca e mal empregada para a pesca a um preço que até me custa relembrar. A gamba a um preço exurbitante ficou lá até porque a pesca seria breve e "os restos" teriam que chegar.
No pesqueiro águas razoáveis, mar grande e oxigenado mas o vento no dobro daquilo que estava previsto. Primeiro pesqueiro e metade do isco serviu para meia duzia de sarguetas devolvidas e lá comecei a pensar "estou a ficar sem isco". Mudei para um segundo pesqueiro e mais do mesmo pequenos exemplares de sargo e salema "limpavam" o anzol num instante. No perceve nem tocavam e fazer engodo também de nada valia pois não havia isco e a presença de tanto exemplar de pequenas dimensões ainda pioraria a situação. Agarrei numas sardinhas e fiz uns filetes que pela consistência da sardinha ficavam rijos e perfeitos para iscar. Mudei a dinâmica da pesca e optei por pescar numa zona onde o mar estava bastante mais bruto com iscadas bem compostas e o resultado acabou por ser compensatório com algumas capturas e alguns peixes a desferrarem. Foram 7 os exemplares de sargo guardados, perdidos outros tantos a desferrar e a partir e não faço ideia de quantos devolvidos mas foram bastantes.

Cumprimentos
Sérgio Tente
Classificação:

7 Fazer comentário:

Nuno Caçorino disse...

Hey man,

"I like this game"! Boa sargaria Sérgio. As condicionantes da distância, por vezes, não facilitam as tarefas pré-pesca do pescador!
Nós aqui por baixo, só compramos sardinha; o resto vamos à apanha..., perceve, camarita, mexilhão, carangueijos, etc...

Abração amigo.

NC

PêJotaFixe disse...

Boas, Sérgio!
Vê se arranjas uma arca, mesmo velha que seja... Às vezes até jogam algumas fora que, apesar de estarem com alguma ferrugem, ainda servem. Um pouco de gás e...fica como nova. Eu costumo sempre amealhar Sardinhas no Verão e quando vou apanhar isco, apanho sempre mais e congelo para os dias que não deixa apanhar. É como o Nuno diz: só gastamos dinheiro em Sardinha. Mesmo a Sardinha compramos daquela do lance da noite, do fundo da pejada, na Docapesca porque é muito mais barato. Se perguntares nos armazéns de pescado junto da Docapesca eles têm Sardinha barata à venda.
Já vão aparecendo uns pexecos ai por cima... eheheheheh Olha...Esta semana estão a dar tempo de S/SW que é bom para arribar peixe e...com muita chuva. ; ))

Abraço e saudações piscatórias

Sérgio Tente disse...

Boas Nuno,

Quando tenho tempo e disponibilidade também apanho isco mas geralmente não tenho tempo para isso o que é uma pena. Muitas vezes surge a questão: "Se tivesse isco X apanhava mais uns peixes de certeza". Por vezes o peixe quer iscos vivos e sei perfeitamente que se com eles fazia pescas bem melhores...é assim a pesca.

Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Paulo,

O meu problema é não ter local para meter a arca.
A sardinha aqui é muito cara e só indo a Peniche é que consigo comprar a bom preço mas não posso trazer muito porque depois não tenho onde guardá-la. Como muitas das pescas são feitas na zona de Peniche o que acontece é que vou compro lá e trago o resto mas se for logo de madrugada a loja não está aberta e estou arrumado na mesma. Esta semana é capaz de estar bom para dar uns peixes mas as condições de vento e mar tornam quase impossível pescar aqui por cima. Não sei se já reparaste mas por aqui o mar está quase sempre grande e os pesqueiros não são muito fundos. As águas ficam barro muito facilmente com as chuvadas e com o vento verdissimas. Nesta altura não é fácil ainda para mais ter a sorte de num dia que possa lá ir estar bom. Vamos lá ver o que é que esta semana vai dar.

Abraço

Fishbone Shirts disse...

Aínda sairam uns valentes matateus!
A sardinha cá pelos nossos lado é irresistível para a sargalhada.

Abraço
Fishbone Shirts

Sargus disse...

Boas Sérgio.

Eu pessoalmente pesco apenas com sardinha e camarão, nas ultimas jornadas então praticamente não uso camarão, estão a pegar e a comer muito bem sardinha, e os peixes maiores então até embucham...

Parabéns pela pesca e relato.

Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Fernando,

De facto nesta altura a sardinha está a dar bons resultados e é sem duvida um dos melhores iscos que se pode utilizar. Como é um isco versátil permite também outras espécies que possam andar no pesqueiro sendo que por vezes uma jornada ao sargo se pode tornar numa boa pesca de robalos :)
Quanto ao peixe enbuchar por aqui não tem sido muito assim mas as águas também não tem andado muito propicias a isso e muitos dos sargos vem mesmo pelo beicinho.

Grande abraço