Spinning - Uma boa jornada

Apesar de não ser a minha pesca de eleição o que é um facto é que este ano tenho dedicado mais horas ao spinning do que em anos anteriores.

Os resultados não sendo excepcionais acabam por também não ser maus com algumas capturas razoáveis e que fazem sentir alguma emoção. 
Falta de facto aquele grande exemplar mas acredito que mais tarde ou mais cedo ele aparecerá para me dar uma grande alegria. 
Morar longe do mar é o maior entrave a este tipo de pesca que acaba por ficar um pouco à mercê da sorte.
Morar perto do mar e fazer um acompanhamento diário das condições que este apresenta faz concerteza toda a diferença.
Nesta jornada capturei ainda mais alguns robalotes e bailas pequenas que devolvi, num dia em que praticamente tudo resultou desde minnows a vinis quando eles querem comer comem mesmo.


Abraço
SérgioTente
Classificação:

13 Fazer comentário:

Tasko disse...

Ola sergio ,
Mais uma boinita pesca com uma sarapintada pelo meio!
Acredita que ver o mar faz toda a diferença , para quem mora longe os resultados de uma jornada tem ainda mais variantes e tambem conehcimentos dos locais de pesca!
Quando quiseres vir fazer uma pesca com a malta ja sabes..
abraço

Pedro Nunes disse...

Boas!
Ja vi k estas em harmonia com o mar e bem consciente, obrigado pelos pekenotes k devolveste, pois todos nós ganharemos um dia mais tarde com essas devoloçoes...
A pescaria ja foi simpatica :) e acredita k mais dia menos dia serás surpreendido por um GRANDE exemplar.
Abraço do sul

Nuno Caçorino disse...

Sergio,

A spinnadela é efectivamente uma pesca de alguma sorte misturada com o saber mas no entanto torna-se ingrata qd não há possibilidades circunnstanciais de fazer um acompanhamento em tempo util das condições devido a vários factores!

De qq das formas, tens uma pesca muito interessante e bonita de se ver!

Keep on going, my friend.

Abraço.

NC

Sargollini disse...

Grande Sérgio :)

Mais uma bela pescaria!!!!


Um forte abraço amigo
Sérgio

Anónimo disse...

Boas Pedro,

Por acaso este ano apanhei uma quantidade interessante de bailas mas muitas delas pequenas, é um peixe muito bonito.
Não tenhas duvidas que gostava de aparecer por aí e fazer umas spinadelas convosco até porque conheço a malta e é tudo 5 estrelas, o grande problema é que até aí são 120km e depois mais 120km até casa. De qualquer forma em breve dou uma apitadela e vou aí passar uma noitada a mais que não seja para o convivio.

Grande abraço
Sérgio Tente

Anónimo disse...

Boas Pedro Nunes,

Eu pessoalmente adoro o mar e com ele estou sempre em harmonia e só tenho pena de ele estar a 80km da minha casa:). Relativamente à devolução de peixe, não só no robalo mas nas outras espécies o nosso grupo de pesca prima pela responsabilidade e consciência. Era bom que todos assim pensassem pois teriamos um amanha sorridente.
Espero que o "Barrote" apareça neste outono/inverno, vamos ver.

Abraço para o sul
Sérgio Tente

Anónimo disse...

Boas Nuno,

É verdade, por vezes considero pura sorte pois não sei ( e muitas vezes nem faço ideia) das condições que vou encontrar. Se existir limo ou a comedia não andar nem perto azar, fica para a proxima :)

Grande abraço
Sérgio Tente

Anónimo disse...

Grande Sérgio,

Não é uma pesca de sonho mas para os meus atributos de "spinista" fiquei muitissimo satisfeito :)

Grande abraço
Sérgio Tente

Tasko disse...

Compreendo sérgio mas ja sabes quando quiseres avisa a malta por norma vê sempre o mar antes de ir a pesca , depois é tudo uam questão de se combinar..
abraço

Sargus disse...

Boas Sérgio.

Já vai dando para ir intercalando nos sargos e nos robalos, boa técnica...

Abraço e continuação de boas capturas.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Boas Pedro,

Agora em Outubro quero ver se dou aí umas saltadas para procurar uns sargos. Gosto muito dessa costa acima de tudo pela beleza e pelos resultados que já tive em pescarias aí na zona. Quando fôr não me importo de ir de vespera e fazer uma spinadela aí com a malta. Tenho o numero de tlm do António Matos e do Sargollini (depois dás-me o teu) e combina-se então uma "cowboyada":)
Quando quiserem aparecer aqui na zona já sabes que também estão à vontade.

Grande abraço
Sérgio Tente

Anónimo disse...

Boas Fernando,

De facto este ano prescindi de algumas idas ao sargo para fazer algumas jornadas dedicadas inteiramente ao spining ao robalo e penso que isso acabou por ditar algum sucesso. Por outro lado os sargos também "falharam" um pouco e isso acabou por abrir caminho a mais horas à procura deles (dos robalos). De qualquer forma e como dizes muito bem trata-se mesmo de intercalar com os sargos porque após algumas jornadas de spinning fico nostálgico e tenho que voltar a fazer umas jornadas ao sargo.

Grande abraço
Sérgio Tente