Robalos - Spinadela ao Lusco-Fusco

Para dar um bocado de descanso aos sargos eu e o Nuno decidimos fazer uma batida aos robalos e fazer uma spinadela ao anoitecer. Escolhemos um cantinho tranquilo que conhecemos bem e toca de meter amostras dentro de água. Logo nos primeiros lançamentos sentimos peixe e realizámos capturas era ainda dia. Como a maré estava a descer fomos comendo terreno ao mar e de pedra em pedra lá iamos conseguindo capturas com alguma regularidade. Pelo meio alguns peixes que se desferraram e uma duzia de pequenotes devolvidos. Na primeira hora da noite foi-se sentindo sempre peixe mas a partir daí parou por completo e como já tinhamos uma pesca engraçada demos por terminada a pesca ainda a tempo de ir jantar a casa.
Falando da pesca em si foi curioso que o lusco fusco foi de doidos com quase todos os lançamentos a darem ataques. A pesca foi feita com várias amostras de cores noturnas e com os ataques perto da superficie.
A noite estava sem vento e o mar deixava pescar bem o que também ajudou ao sucesso da jornada.
Apesar de não serem robalos grandes deram momentos bem engraçados ainda para mais para nós que fazemos este tipo de pesca meia duzia de vezes por ano.


As nossas capturas





Cumprimentos


Sérgio Tente

Classificação:

6 Fazer comentário:

Tasko disse...

Vai lá vai:)
Bonita pesca Sérgio dessas não é todos os dias mas quando acontecem sabe muito bem!!!
PArabens!
Um abraço

PêJotaFixe disse...

Vá lá, vai! Até a barraca abana! Deixa-me chorar um pouco e pedir para abrirem a porta e deixarem passa-los para baixo. ahahahahahah Bela teca de peixe!

Abração ; ))

Pedro Nunes disse...

Pôôôôrrrrrra!
Ohh Sergio vai la com calma pá!
Andas aí cravado nos sargos e derrepente apareces com uma Robaleira destas!
E só vais meia duzia de vezes por ano!
Ganda pesca sim Sr.
Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Tasko,

Muito melhor do que eu sabes que este tipo de pesca exige muito mais observação do que a pesca que faço aos sargos. Os robalos não se fixam com grande regularidade nos mesmos locais. Por outro lado do pouco que ainda sei deste tipo de pesca, certas condições de mar, lua e vento proporcionam condições favoráveis nestes pesqueiros que frequentamos e com essas tais condições desta vez não falhou como já tinha acontecido anteriormente e em anos anteriores.
É pena ser raro de facto porque quando acontece é um espetaculo e proporciona momentos brutais....chega até a viciar:)

Grande abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Paulo.

Vai chorando que mais dia menos dia eu abro a comporta aí para baixo...ehehe!!. O pior é se eles abalam todos para aí e depois ando aqui à míngua!!

Grande abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Pedro,

Eu com calma vou, os robalos é que neste dia não tinham calminha nenhuma :)!!
Agora ando a dar um descando aos sarguinhos mas para a semana já volto à minha boiazinha!!
Vou meia duzia de vezes por ano porque não tenho grande paciência para este tipo de pesca que apesar de proporcionar momentos excelentes também proporciona muita grade!

Grande abraço