Sargos - Excelente jornada e maior exemplar deste ano

Numa destas tardes arranquei até ao mar com o intuito de ir aproveitar os bons dias que Setembro proporcionou e aproveitar para matar o vício.
Como optei por um pesqueiro muito batido e movimentado arranquei para o pesqueiro com ideia que quando lá chegasse não haveria lugar para pescar mas como o mar estava grande isso afastou alguma rapaziada e deixou alguns locais vagos.
Quanto à pesca em si foi feita com mar bem mexidão, difícil mas que acabou por meter uns exemplares fantásticos dos quais destaco o maior deste ano. Depois de uma luta daquelas, conseguir que não partisse nas pedras e com a impossibilidade de meter o cesto a unica hipotese foi tentar tirar a peso mas a meio caminho o meu shimano tp6000 disse "ou paras ou amanhã vais comprar outro". Como estava a pescar a uma altura considerável e o peixe ficou a meio caminho valeu a ajuda de uma pescador que agarrando no fio me içou o peixe pois de outra forma seria praticamente impossível ou teria partido a cana. Um exemplar fantástico de 1.850g que é o meu 2ª maior exemplar capturado. Depois deste ainda outro com 1.640g, outro com 1.500g e dois de kg. São estes exemplares que me fazem tirar o maximo prazer da pesca à bóia e querer a cada jornada tentar capturar um trofeu maior.



Aqui fica a totalidade das capturas desta jornada



E o maior deste ano ( 1.850g)


Cumprimentos


Sérgio Tente

Classificação:

16 Fazer comentário:

João Pinto - http://sheospinning.blogspot.com/ disse...

1.850Kg de Sargo é muita Sargo, que excelente bicho.

Parabéns pela pescaria

Jose disse...

O máis grande é un sargo moi bo. Noraboa por eses peixes.
Saúdos

Sergio Fernandes disse...

Os teus relatos dão gostos de ler
Saude

Sérgio Tente disse...

Boas João,

É verdade é muito sargo mesmo.
Obrigado.

Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas José,

Obrigado.
O maior é um exemplar raro por aqui mas por vezes aparecem. Este ano já perdi um que seria o meu record e estou convencido que teria perto de 2.5kg.

Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Sérgio,

Obrigado, são feitos com gosto e ainda bem que quem aqui vem ao blog gosta de ler.

Abraço

Pedro batalha disse...

Grande Sérgio
Estás aquela máquina,como já tive oportunidade de te dizer antes, estás muito forte na pesca aos Sargos.
Parabéns pelo excelente momento de forma.
Abraço

Filipe Cintra disse...

Sempre a dar-lhe!!!

Tasko disse...

Boas Sérgio!
Mais uma vez, apresentas uma excelente jornada de Sargos!!!
O lote por aqui também anda nessa bitola em alguns spots mas é como tu dizes nem todos chegam á alcofa!
Parabens e um abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Filipe,

Vai-se fazendo pla vida :))

Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Tasko,

Andam muitos exemplares de bom tamanho pela costa, é de aproveitar que mais dia menos dia desaparecem todos rumo à desova.

Abraço

Ricardo Marques disse...

Olá Sérgio,

muitos parabéns por mais uma boa pesca ainda para mais com excelentes exemplares.
É sempre com muito agrado que sigo os teus relatos.

Abraço
Ricardo Marques

Sérgio Tente disse...

Boas Pedro Batalha,

Não tinha visto o teu comentário:))
Obrigado pelo teu comentário e pelo elogio que vindo do mestre é sempre outra coisa, já tou cheio de peito...ehehe!!

Grande abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Ricardo,

Agora ando numa fase diferente na pesca aos sargos, apesar de gostar sargos apanhar em quantidade neste momento a minha caça é aos sargos grandes sempre na tentativa de bater o meu record. Prefiro levar para casa meia duzia de sargos grandes (como os desta jornada) do que apanhar 15 ou 20 normais.

Abraço

Sargus disse...

Viva Sérgio, os meus parabéns

1.850 gramas de sargo não é fácil encontrar nos dias que correm mais ainda com o problema de ascensão que tiveste, valeu a técnica do "caldeirão".

Reitero os parabéns

Abraço

Sérgio Tente disse...

Boas Fernando,

É verdade não é fácil encontrar exemplares destes. O ano passado tive a sorte de capturar um que é o meu record com 1.980g e este é o 2ª maior. Este ano já perdi um que seria record de certeza mas foi impossível de tirar por uma série de factores.
O carreto na ascensão do peixe estalou e optei por parar pois estou convencido que a roda de coroa ficava sem dentes. Valeu a ajuda de um pescador que lá estava pois caso contrário não o teria conseguido içar.
Este ano aqui por cima tem andado muito peixe grande na costa como já não se via à alguns anos e isso tem proporcionado capturas excelentes para quem pesca à bóia já que os momentos de prazer em tirar estas tábuas com fios finos e canas de bóia é excepcional.

Grande abraço