Sargos, a pescar fino


Com o windguru a prever uns marzinhos brutos mas sem vento e sem chuva decidi ir fazer a tarde aos sargos que coincidia com a maré.
Sabendo que os sargos não andavam em força no pesqueiro optei por tentar os grandes exemplares em dois ou locais específicos.
Seria uma lotaria ir depois de almoço pois o mais certo era encontrar o pesqueiro superlotado mas acabei por ter sorte e apenas estavam alguns pescadores locais que conheço bem e com os quais tenho uma boa relação.
Cumprimentados os pecadores e pedida a autorização se não se importavam que pescasse ali perto deles lá iniciei a minha pesquinha. Ao meu lado saía um belo sargo de kg e nada mais. Eu a pescar num buraco que aprecio bastante apenas ia sentindo uns bodiões que ratavam o isco e tal não era o tédio que por acaso e ao contemplar o mar vejo virar uns sargos bem longe.
Montagem nova e toca de pescar nessa zona o que curiosamente não resultou pois o peixe pura e simplesmente não picava!?!? Será do isco? Agarrei então numa sardinha e fiz uns lombinhos que isquei e atei com um pouco de silicone para poder lançar longe. Bóia no local e a mesma coisa, via os sargos e eles não ligavam nenhuma.
Será do fio?? Mudei para um 0.20 e quase de imediato um bom sargo ferrado, de seguida outro e outro e já com o dia a terminar acabei por realizar meia dúzia de capturas interessantes mas infelizmente mais de metade partiram o estralho na altura de içar devido ao facto de estar a pescar alto e com muitos obstáculos pela frente.
De qualquer modo ainda consegui 4 exemplares na casa das 900g e do kg e dois mais pequenos o que não foi mau pois a determinada altura vi a coisa mal parada.

Material utilizado:
Cana: Tica Taurus 6m
Carreto: Shimano TP 6000FB
Técnica: Bóia

Abraço
Sérgio Tente
Classificação:

4 Fazer comentário:

António Matos disse...

sempre em altas o companheiro não dá descanso aos bichos.
parabéns Sérgio por partilhares mais uma pescaria.
abraço, marca lá ai um dia na agenda que eu tiro um dia de férias para irmos esticar umas linhas...

Anónimo disse...

Boas António,

Gosto de partilhar porque também gosto de ver o que os outros partilham.
Quanto ao dia tem que ser marcado em breve porque senão nunca mais :)

Um grande abraço para ti

Sérgio Tente

Sargus disse...

Viva Sérgio.

Pescar fino, umas vezes tem de ser, pois depende muito das águas, embora à bastante tempo que não baixe do 0.25, actualmente ando no 0.28, mas as águas são outras, os locais são águas bastante oxigenadas e nesta altura é uma mais valia.

Abraço e bons sargotes.

;)

Parabéns.

Anónimo disse...

Boas Fernando,

O facto de por vezes termos que utilizar fios mais finos acontece geralmente em pesqueiros mais fundos onde as águas acabam por abrir mais. Normalmente aos sargos gosto de pescar desde o 0.20 ao 0.30 conforme as condições que encontro nos pesqueiros. O unico problema de pescar fino é que acabamos por perder muito peixe ou porque passa por uma pedra e parte ou mesmo na altura de içar quando é um bom peixe às vezes o fio já está "ofendido" e acaba por partir. Com mares grandes e oxigenadões também não me nego a um 0.30 e aí já a segurança é outra.

Grande abraço

Sérgio Tente